terça-feira, 17 de março de 2015

Poesia que te quero sempre...

pascal-biet.jpg
[Ilustração de Pascal Biet]

Cantiga de voar
Me leve sempre, poesia, 
à Terra do Nunca
pra que eu possa brincar
com as estrelas,
pra que eu me torne luar.

Me levem, contos encantados,
à Terra do Nunca,
pra que eu me torne herói,
pirata, bicho ou bandido.

Me levem sempre, música,
à Terra do Nunca,
pra que eu possa voar
em ritmo de dança,
bailando com Dona Esperança.

Me levem, artistas dos sonhos,
nas asas da pintura, do teatro,
do cinema e da natureza,
pra Terra do Nunca
que terra do sempre será.

Me levem, brinquedos meus,
à Terra do Nunca,
que é terra do sempre,
é terra do pode tudo,
é terra do tudo poderá.

Me levem, me levem,
antes que acabe a infância.
Antes que as asas me pesem
e à Terra do Nunca
não seja fácil chegar. 

 Alice no País da Poesia
Autor: Elias José
Ilustradora: Taisa Borges
Editora: Peirópolis
Temas: Poesia; Universo infantil; Fantasia
Faixa etária: À partir de 04 anos
Postar um comentário