segunda-feira, 8 de março de 2010

8 de março, Dia Internacional das Mulheres...



O Dia Internacional da Mulher é uma reflexão. Também sobre o significado da vida. E sobre a gestão de muitas prioridades. Quantas de nós não pensa em mil e uma coisas ao mesmo tempo? Quantas de nós não se levanta a meio da noite e vai descalça para a cozinha, meia ensonada, para buscar um bico para os nossos filhos, por exemplo? Quantas de nós não acorda com o cabelo em pé, com aquelas olheiras charmosas e, em vez de ir a correr para o banheiro, vai primeiro ver o seu filho? Quantas de nós não sai de casa com a mala numa mão, o filho na outra, o boneco, a mochila, o guarda-chuva, o casaco, mais as chaves? Quantas de nós não olha para o relógio, chega ao trabalho, despe o casaco, e exclama: "Preciso de um café para acordar!". Quantas de nós, a meio da manhã e do nada, diz em voz alta: "Esqueci-me de tirar alguma coisa para o jantar...!", ou "O que é que eu vou fazer com o peixe?". Quantas de nós, à hora de almoço, vai às compras, ao mesmo tempo que fala com o marido, namorado ou companheiro? Quantas de nós não estremece ao ver no celular uma chamada das pessoas que cuidam dos nossos filhos durante o dia? Quantas de nós não voa do trabalho para ir buscar os filhos? Quantas de nós chega a casa e multiplica-se em mil? E quantas de nós não dorme, ao mesmo tempo, como um cão de guarda, atenta a qualquer chamado dos nossos filhos? Embrulhadas no lençol, como se este fosse um autêntico rolo e, mesmo assim, sem nele tropeçar? Ah pois é! Não é por nada mas somos mesmo fabulosas. Feliz Dia Internacional da Mulher mas, não se esqueçam: mimem-se todos os dias
Postar um comentário